Rikbaktsa

Os Erikbaktasa, ou Rikbaktsa, são também conhecidos como Canoeiros por sua habilidade no uso de canoas; já foram conhecidos como Orelhas de Pau, pelo uso de grandes botoques de madeira nos lóbulos alargados das orelhas.

Habitam a bacia do rio Juruena, no noroeste do Mato Grosso, em três terras indígenas – Erikpatsa, Japuíra (contíguas), e do Escondido, mais ao norte, na margem esquerda do rio.

Os Erikbatsa falam uma língua ainda desconhecida, mas incluída pelos linguistas no tronco macro-jê. Na época do contato, entre 1957 e 1969, sua população foi reduzida em cerca de 75%. Assim que as epidemias foram contidas e a produção alimentar regularizada, as aldeias voltaram a crescer em ritmo acelerado; hoje a população chega a 1510 pessoas aproximadamente.

Tradicionalmente, as aldeias eram compostas de uma ou duas casas habitadas por famílias extensas (o dono da casa, sua mulher, filhos e filhas, genros e netos) e uma casa dos homens (makyry), onde viviam os viúvos e jovens adultos solteiros. Em 1957, foram encontradas 42 aldeias assim, sempre erguidas perto de cabeceiras de córregos e interligadas por trilhas abertas na floresta. Na década de 1960, sob a ação de missionários jesuítas, as aldeias foram centralizadas, tornando-se menos numerosas e maiores, e concentrando-se ao longo da margem direita do rio Juruena. Entretanto, nas duas últimas décadas os Rikbaktsa vêm conseguindo reconquistar partes de seu território, o que tem resultado na multiplicação do número de aldeias de porte tradicional.

Os Rikbaktsa ainda vivem da caça, coleta, pesca e agricultura, atividades que desempenham de forma ritualizada dentro de um ciclo de cerimônias ritmadas pelo ano agrícola. Acreditam que todos os seres um dia foram humanos e seus mitos contam como ocorreu sua transformação definitiva em animais. Acreditam ainda que o destino dos mortos depende da vida que tiveram: alguns retornam como seres humanos novamente, outros como animais temidos, como a onça e a cobra. Esse universo mítico é expressado em seus rituais por meio da música e de enfeites plumários muito coloridos; os bancos são produzidos eventualmente.

Conheça mais sobre as etnias

2018 BEĨ .:. Todos direitos reservados.





Create - Soluções Online