Instituto Moreira Salles exibe em São Paulo retrospectiva da fotógrafa Claudia Andujar sobre a luta Yanomami

10/01/2019
A jovem Susi Korihana thëri em um igarapé, filme infravermelho. Catrimani, Roraima, 1972-1974. Foto © Claudia Andujar

A exposição "Claudia Andujar: A Luta Yanomami", mostra a trajetória da fotógrafa desde o seu primeiro contato com os yanomamis na Amazônia, no início dos anos 1970. Sua fotografia partiu do registro etnográfico comprometido com o jornalismo e terminou por desenvolver uma linguagem estética própria, a qual expressa uma interpretação original da cultura yanomami construída conjuntamente com o seu povo.

Ao acompanhar a garimpagem e processo de construção da rodovia Perimetral Norte que atravessaram a região e afetaram a população yanomami, Claudia Andujar se transformou em ativista, participando da Comissão Pela Criação do Parque Yanomami (CPPY), que finalmente foi demarcada em 1992.

A abertura contou com a presença de Davi Kopenawa Yanomami, liderança política dos yanomami. A palestra de abertura dele e de Claudia Andujar podem ser conferidas aqui.


A exposição está em cartaz no IMS Paulista até o dia 7 de abril.

Mais informações no site do IMS


Veja também:

Kumurõ, o banco Tukano: técnicas construtivas e dimensões cosmológicas apresentadas em livro e filme

15/01/2019

“Os índios Tukano dizem que o homem desajuizado não sabe se sentar, não possui ...

Leia mais

Exposição Bancos Indígenas do Brasil, no MAI -Museu de arte indígena de Curitiba, será reaberta ao público no dia 29 de janeiro.

05/01/2019

Informamos que o MAI - Museu de Arte Indígena encontra-se fechado, em férias coleti...

Leia mais

O Xingu pluricultural na obra de Ropkranse Kayabi

13/12/2018

A produção de bancos artista Ropkranse Kayabi, nascido em 1970, reflete o pluricul...

Leia mais

2019 BEĨ .:. Todos direitos reservados.





Create - Soluções Online